Arquivo para Divina Comédia - Canato

Painéis Divina Comédia

Há quatro anos estou pintando as paredes do prédio “Leonardo Da Vinci” no Colégio Dante Alighieri, em São Paulo.

Os dois primeiros painéis foram feitos em ocasião do Centenário do Colégio e retratam cenas da Divina Comédia e da vida de Leonardo.

Outros dois foram feitos após o Centenário e retratam outras cenas da Divina Comédia, ao todo, os painéis já ultrapassam os 100m2. Esse trabalho homenageia a obra de um dos maiores personagens da história italiana e mundial, o poeta Dante Alighieri, que em 2015 comemora 750 anos de nascimento.

Primeiro Painel da Divina Comédia – Ano 2010

Primeiro Painel da Divina Comédia

Inferno e Purgatório Este painel, pintado em 2011 em comemoração do centenário do Colégio Dante Alighieri em São Paulo, é um resumo da “Divina Comédia”, de Dante. Trata-se de um tríptico que descreve a viagem de Dante pelo Inferno, Purgatório e Paraíso. Na pintura, o poeta é visto em sete momentos, todos associados a passagens que, no poema, pontuam sua jornada. Da esquerda para a direita, no alto, Dante aparece na companhia de.. Leia Mais

Segundo Painel da Divina Comédia ano 2013

Segundo painel da Divina Comégia

Este mural dá sequência ao primeiro painel da Divina Comédia, pintado por ocasião do centenário do Colégio Dante Alighieri. Ele também descreve a viagem imaginária do poeta Dante Alighieri, passando pelo Inferno, Purgatório e Paraíso. As cenas à direita ilustram o baixo Inferno: no canto superior está representada a cidade de Dite, que, murada e guardada por mil demônios, separa o alto do baixo Inferno, local dos pecados mais graves. No portão da.. Leia Mais

Terceiro Painel da Divina Comédia

Terceiro Painel da Divina Comédia - Paradiso

Paradiso Em continuação ao painel Divina Comédia II, no painel lateral podemos ver embaixo à direita Beatriz convidando Dante deixar a Terra a entrar definitivamente no Céu. No alto à esquerda, após ultrapassar um círculo de fogo, Dante entra definitivamente no Paraíso e protege seus olhos da intensa luz, em seguida anjos apresentam ao poeta os nove céus do Paraíso Celeste. A estrutura do Paraíso baseia-se no sistema geocêntrico de Ptolomeu, em que.. Leia Mais